###BTP_START##BTP_END###

November 2014

Monthly Archives

  • CROMO 15 – O crava

    O crava Trabalhava no IF um professor que era irritantemente crava. Não perdia uma oportunidade para comer ou beber sem pagar. Chegava a ser descarado. Se eu estivesse no café a falar com amigos e ele entrasse, era certo e sabido que ele se ia sentar à minha mesa e mandava vir um café, uma […]

  • CROMO 14 – Exageros à americana

    Exageros à americana Trabalhavam dois professores no IF que eram americanos. Com eles fui aprendendo que na América é tudo à grande. Para eles “bom” é suficiente, “muito bom” é razoável e para se ser bom tem de se ser considerado “excelente”. Reparei nisso ao ler os currículos que enviaram. As notas deles eram altíssimas, […]

  • CROMO 13- Chamou-me tudo o que quis… e eu não fiz nada

    Chamou-me tudo o que quis… e eu não fiz nada – Can I get you a drink? Eram dez e meia da noite, tínhamos acabado de ensinar adultos com dificuldades, eu estava exausto e queria ir para casa. Mas ele insistia: – Come on, just one beer! I’ll get it! Não tinha ninguém à espera, […]

  • CROMO 12 – Achava que as portuguesas eram como as laranjas…

    Achava que as portuguesas eram como as laranjas… Era um professor inglês, sem ser demasiado “british”. Era até bastante simples e simpático. Ria-se muito e parecia querer tirar prazer das pequenas coisas, viver cada momento com intensidade. Gostava de todas as pessoas em geral, não se metia em intrigas, dava-se bem com todo o pessoal […]

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com